Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



os textos partilhados nas cartas virtuais são um exclusivo apenas para quem subscreve a newsletter. a título excepcional, partilho o conto do mês passado.

 

ainda a manhã se espreguiça e já bebi três cafés. aos fins-de-semana gosto de ver a bola, perder-me na nuvem de fumo que rodeia o sofá e, de vez em quando, sair para comprar o desportivo. é sagrado, Sábado à tarde tomo banho e mudo de roupa. durante a semana não tenho disponibilidade. hoje estou bem-disposto, por isso estou tão conversador. estive com a minha mãezinha e ela lembrou-se de mim. a minha mãezinha? tem 92 anos, vive com uma senhora que toma conta dela. sim, é numa casa particular. a minha irmã é que tratou de tudo.

 

tenho uma noiva, sabe? mas só namoramos. acha que sim? se calhar tem razão, os eternos namorados são os mais felizes! mas eu gostava de casar. não, não posso dizer o nome dela. é segredo! eu sei que ela também tem esquizofrenia, mas não me importo. é a minha noiva. faço bem, não faço? ela vive com a mãe. eu vivo sozinho. gosto de passear de mãos dadas. sim, claro! também há beijinhos. desculpe que lhe diga, mas a sua pergunta foi invasiva. eu dou-me bem com toda a gente, mas há que estabelecer limites.

 

tenho 60 anos e sou músico profissional. uma pessoa nunca se reforma da música. é algo que se entranha. conhece os cigarros Regina? são mais em conta. são de contrabando. eu faço uns biscates para os amigos. sempre são uns trocos. e, às vezes, oferecem-me cigarrilha das boas. vê? sempre lhe estou a contar um segredo. não vai contar a ninguém, pois não? estou mesmo feliz por a minha mãezinha se ter lembrado de mim! é verdade, é. havia os chocolates Regina. gostava muito dos bombons com recheio. ainda há! não sabia.

 

sou vegetariano. é que as carnes fazem-me mal ao estômago. também como peixe e frango, mas acho que ser vegetariano é mais saudável. desculpe mas tenho de me sentar. tenho um problema no pé direito e começa a doer-me. também não tenho composto por que estou com um problema nas costas. há duas semanas. às vezes estou melhor, mas fico pior quando ando mais perturbado. é que tenho uma actuação em Lisboa e a viagem é muito cansativa, sabe. vamos de camioneta. mas vai correr tudo bem. estou optimista. sei que vou dar uma boa prestação ao grupo.

 

gostava de saber o seu signo. sei o signo de toda a gente. sim, tenho boa memória. é por me manter activo com a música. não se importa que converse consigo, pois não? é de aproveitar. é que hoje estou bem disposto. sabia que falta exactamente um mês para a Primavera? tem razão, os dias já estão primaveris. o clima tem destas coisas. vai neste autocarro? é pena, é o meu. obrigado pela sua simpatia. nem lhe disse o meu nome, nem lhe perguntei o seu. deixe estar, não é importante. partilhámos dois dedos de prosa. é o que conta.

Autoria e outros dados (tags, etc)



ebook grátis

200x200_VOAR.png

mais sobre mim

foto do autor